quarta-feira, 25 de agosto de 2010

IECLB responde a carta aberta

A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil repondeu oficialmente o documento assinado pelos dezenove ex-docentes do Bom Jesus/Ielusc. Há, nessa singela resposta, a possibilidade do debate sobre a crise ser ampliado dentro de outras esferas.


IECLB nº 187445/10

Em nome do Pastor Presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, Dr. Walter Altmann, confirmo recebimento da “Carta aberta à comunidade acadêmica do Bom Jesus/Ielusc”. Como demonstra a relação dos destinatários, ela foi enviada às instituições e instâncias competentes para discutir a situação específica do IELUSC. A carta menciona diversos aspectos e momentos da instituição que precisam ser discutidos e avaliados.

É desejo do Pastor Presidente que a discussão chegue a um bom termo para o bem da instituição de ensino e da comunidade mais ampla apontada na carta.

Com saudações fraternas

Harald Malschitzky

Assistente da Presidência

2 comentários:

Anônimo disse...

Há indícios de boa vontade nessa resposta. Como sou otimista, espero sempre o melhor, ainda que preparado para o pior.

Tomára que não seja só mais uma do "papel aceita tudo", ainda que digital...


d9

25 de agosto de 2010 20:25
Samuel disse...

Moçada do DACS,

A manifestação da presidência da IECLB é importantíssima porque reconhece a relevância e a seridade da manifestação dos 19 ex-docentes, nos quais se incluem coordenadores e diretores do curso de comunicação: "A carta menciona diversos aspectos e momentos da instituição que precisam ser discutidos e avaliados". Está dito.

Espero, contra toda as atitudes até aqui demonstradas pela atual direção, que as coisas sejam resolvidas, com diálogo, maturidade, transparência e confiança. A proposta da Comissão Tripartite (Estudantes, docentes e direção do Ielusc) é uma saída possível.

No mais, reafirmo: temos um belíssimo quadro discente (a cada nova rodada de monos/TCCs fica mais claro isso), um excelente quadro docente e ótima infra. Se a direção resolver parar de atrapalhar com suas lambanças, as coisas fluem, na boa.

Abraços fraternos, com afeto.

Samuca

26 de agosto de 2010 07:28

Postar um comentário