terça-feira, 3 de agosto de 2010

Bora participar de mais uma reunião Tito?

Como esperado, o diretor geral do Bom Jesus/Ielusc participou apenas do início da assembleia da última segunda-feira (02). Em virtude de outro compromisso com a ACIJ, o diretor falou um pouco sobre a estrutura hierárquica da insituição e, logo, retirou-se do anfiteatro. Após a apresentação, os coordenadores mostraram para os estudantes alguns números vagos sobre as matrículas do segundo semestre, como maneira de justificar as últimas decisões da empresa, digo, instituição.

Apesar dos coordenadores tentarem terminar rapidamente a reunião, diversos alunos insistiram no debate. Como já diagsticado pelo diretório, os alunos criticaram a falta de comunicação da diretoria e coordenação, fato que gerou inúmeros boatos nas redes sociais. Os acadêmicos também exigiram que a coordenação mantenha um diálogo pleno com o corpo docente e discente. Foi exigido que aconteça mais reuniões do colegiado e apesar da coordenação solicitar um comitê que integrasse estudantes, professores e coordenadores, todos os presentes optaram por continuar com o comitê bipartite (professores e alunos).

O copor docente "coeso" citado pelos coordenadores não existe. Os estudantes não são cegos. Em um corpo de professores coeso, um profissional não fica sabendo que sua companheira de trabalho foi demitida pelo twitter, mas infelizmente, tem sido dassa maneira que as informações vem sendo repassadas para a comunidade acadêmica do IELUSC.

Falta comunicação, falta transparência e comprometimento com a vertente pedagógica do curso. Sim, existe a crise financeira, mas, não é por este viés que os estudantes e professores pretendem trabalhar. Que as contas sejam analisádas por uma empresa comprometida socialmente.

O que decidimos?

1) Que continuaremos com as conversas. Em colegiados, assembleias e reuniões do DACS. Serão bem vindos todos os estudantes, professores e ex-professores do curso.

2) Em um mês pretendemos redigir um documento com reclamações e alternativas para o sistema de ensino do curso. (O DACS precisa deste tempo mínimo para analisar com os estudantes as reais consequências das demissões e reduções de carga horária)

3) O Comitê Bipartite exigirá a transparência financeira e administrativa do curso.

Com o documento em mãos, exigiremos mais uma reunião geral com a diretoria. Desta vez esperamos que o diretor não arrume outro compromisso. Insistimos que o debate deve ser direto, sem mediações da coordenação.

4 comentários:

Rafael A. Silva disse...

Coluna do Jefferson Saavedra (3/8):

Parceria Univille e Bom Jesus

Parceiros há dois anos na realização do vestibular, Univille e Bom Jesus podem aproximar-se ainda mais na área de ensino superior. O reitor da Univille, Paulo Ivo Koehntopp, diz que há negociações em andamento. "Mas é prematuro falar em absorção de cursos. Queremos é fortalecer a parceria, ainda não definimos o modelo", diz ele.

3 de agosto de 2010 11:42
Marcus Vinícius disse...

Nenhum fato novo.

http://blogdodacs.blogspot.com/2009/09/sem-decoracoes-verdes.html

3 de agosto de 2010 12:27
Marcus Vinícius disse...

O que me deu mais orgulho na reunião foi o fato da assembleia começar lotada e terminar lotada.

Os alunos é que mostraram uma coesão no discurso.

3 de agosto de 2010 13:36
Rafael A. Silva disse...

Coluna do Jefferson Saavedra (4/8):

Incorporação

Defensor da absorção dos cursos superiores do Bom Jesus pela Univille, Adilson Mariano (PT) quer também a federalização das universidades do Sistema Acafe. O reitor Paulo Ivo Koehntopp (Univille) sempre usa uma frase interessante sobre a federalização. "Não há caminho legal que nos faça ir dormir na condição de funcionários privados e acordar públicos".

4 de agosto de 2010 12:38

Postar um comentário